FANDOM


Minerva  McGonagall
Informação Biográfica
Nascido
04 de outubro1935 Caithness , na Escóci
Sangue

Mestiça

Estado Civil Viúva
Pseudónimo Professor McGonagall
Títulos
Descrição Física
Espécie Humano
Sexo Feminino
Cor do cabelo Preto
Cor do olhos Verde claro
Cor da Pele Pálida
Informações da Família
Os membros da Familia
Características Mágicas
Animago Gato malhado (registrado)
Papão Lord Voldemort
Patrono Gato
Varinha

Fir e dragão heartstring, nove e meia polegadas, rígida

Afiliação
Ocupação
Casa

Grifinória

Lealdade
.

"Transfiguração é uma das mais complexa e perigosa magia você vai aprender em Hogwarts . Qualquer brincando na minha aula vai sair e não voltar. Você foi avisado. " - O aviso do-McGonagall no começo do Harry Potter e Ron Weasley primeira aula de Transfiguração.

Senhora Professora Minerva Sigrid Aithne Urquart (ex-McGonagall) (nascida em 04 de outubro de 1935) foi uma bruxa e uma marca registrada Animagus que participaram Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria de 1947 a 1954 e foi selecionado para a Grifinória . Após sua formação, ela trabalhou por dois anos no Ministério da Magia e mais tarde retornou a Hogwarts, onde se tornou chefe da Casa Grifinória, Transfiguração professor e ao mesmo tempo, em diferentes épocas, vice-diretora e diretora de Hogwarts.

McGonagall também foi membro da Primeira e Segunda Ordem da Fênix. Em 1995, ela se opôs Dolores Umbridge, o Alto Inquisidor de Hogwarts. Ela também protegia os estudantes de Aleto e Amico Carrow de 1997 até 1998, e como parte desse movimento de resistência, lutou em várias batalhas de ambas as guerras, incluindo a Batalha da Torre de Astronomia e da Batalha de Hogwarts (onde ela liderou a resistência contra Lord Voldemort).

Ela sobreviveu à Segunda Guerra Bruxa, continuou seu trabalho como diretora de pelo menos dez anos, e se aposentou em algum momento da década de 2000 ou 2010.

BiografiaEditar

Início da vidaEditar

Minerva McGonagall nasceu na periferia de Caithness em Terras Altas da Escócia , em 04 de outubro de 1935 para Robert McGonagall , uma trouxa ministro presbiteriano, e sua esposa, Isobel Ross , uma bruxa. Ela foi o primeiro filho do casal, e foi nomeado após a avó de sua mãe , uma bruxa imensamente talentoso.

Seu nascimento mostrou tanto uma alegria e uma crise: Isobel tinha desistido do uso de sua magia para seu amor de Robert, e nunca lhe contou sobre suas habilidades mágicas, como ela estava com medo de estragar a felicidade de seu casamento. Minerva, no entanto, mostrou sinais pequenos, mas perceptível de magia de suas primeiras horas. Como uma criança, Minerva tinha nenhum controle de sua magia , e, portanto, ela inadvertidamente Convocado brinquedos que tinham sido deixados nas prateleiras superiores ao seu berço, fez o gato da família fazer seu lance, e fez gaitas de seu pai jogar-se que causaria bebê Minerva para rir alegremente. Isobel sabia que ela confessar dela e de sua filha habilidades mágicas e assim ela fez, explicando tudo para Robert e dizendo-lhe que eles eram obrigados pelo Estatuto Internacional de Sigilo , e que eles devem esconder a verdade sobre suas habilidades mágicas.

Os dois pais permaneceram juntos apesar da revelação chocante, e teve outros dois filhos, Malcolm e Robert Jr. . Ambos revelaram habilidade mágica em momento oportuno. Minerva então, como uma criança, ajudou a mãe a esconder de seu pai os acidentes e embaraços magia jovens bruxos "às vezes causado.

No décimo primeiro aniversário de Minerva em 04 de outubro , 1946 , ela recebeu sua carta de admissão da Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria , na época dirigido pelo Professor Armando Dippet . Agora livre para estar com a sua espécie, e exercer seus talentos consideráveis, Minerva viu como sua mãe chorou naquele dia, não só de orgulho, mas também de inveja.

Hogwarts anoEditar

Minerva participaram Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria como um aluno de 1947 a 1954. Durante a sua ordenação , ela provou ser um hatstall: o Chapéu Seletor passou cinco minutos e meio oscilando entre Grifinória e Corvinal antes de decidir colocá-la no primeiro.

Minerva foi rapidamente reconhecida como a melhor aluna do seu ano com um talento especial para a Transfiguração . Vida escolar do Minerva sobrepostos por mais dois anos com a de Pomona Sprout , e os dois estudantes um excelente relacionamento tanto na época, e nos anos posteriores.

Até o final do 1953 - 1954 ano lectivo, o seu sétimo e último ano na escola, Minerva tinha alcançado um recorde impressionante: ela conseguiu as melhores notas em seu OWL e NIEM exames, ela tinha sido tanto um prefeito e um Chefe e ganhou o prêmio Newcomer Hoje Mais Promissora Transfiguração . Ela, assim como Dumbledore, recebeu "Excelente" em toda a sua OWL de e Newt do. Tendo aprendido Transfiguração do Professor Albus Dumbledore , Minerva tornou-se, sob sua orientação, um animago , uma habilidade que foi devidamente registrado no Registro Animagus no Ministério da Magia . Minerva também jogou no time de Quadribol da Grifinória em seus anos de estudante, uma queda feia em seu último ano (uma falta durante a Grifinória contra Sonserina partida que decidiria a Copa de Quadribol vencedor) a deixou com uma concussão, várias costelas quebradas e um desejo ao longo da vida ver Slytherin esmagado no campo de Quadribol. 

Desgosto cedoEditar

Depois de se formar a partir de Hogwarts, Minerva foi oferecido um cargo no Departamento de Execução das Leis Mágicas dos britânicos Ministério da Magia . Ela voltou para a sua mansão da família para passar um verão passado com sua família antes de se mudar para Londres .

Durante estes meses Minerva, aos dezoito anos, reuniu-se Dougal McGregor , um local de trouxa , que era o bonitão inteligente e engraçado filho de um, fazendeiro local . Minerva caiu sobre-saltos de cabeça no amor com McGregor. Os dois tem que conhecer uns aos outros e, finalmente, McGregor propôs a Minerva em um campo arado e ela aceitou a oferta. Naquela noite, ela foi incapaz de dizer a seus pais de seu noivado. Pensando em seu futuro, Minerva percebeu que o casamento de um trouxa que estava alheio ao fato de que ela era uma bruxa que quer dizer que ela iria seguir os passos de sua mãe e viver infeliz com sua varinha trancada, rasgando todas as suas ambições. Na manhã seguinte, Minerva foi dizer McGregor ela tinha mudado de idéia, e não podia se casar com ele. Ciente de que se ela quebrou o Estatuto Internacional de Sigilo ela iria perder o emprego no Ministério para o qual ela estava dando a ele, ela poderia lhe dar nenhuma boa razão para sua mudança de coração. Ela deixou McGregor devastada e partiu para Londres , três dias depois. 

EmpregoEditar

" Transfiguração é uma das mais complexa e perigosa magia você vai aprender em Hogwarts. Qualquer brincando na minha aula vai sair e não voltar. Você foi avisado" - Minerva McGonagall palestras os alunos do primeiro ano.

Minerva trabalhou no Departamento de Execução das Leis Mágicas no Ministério da Magia por dois anos após a graduação. McGonagall com Lily Evans durante o último cerimônia de Ordenação , em 1971 . Insatisfeito com seu trabalho no Ministério, em dezembro de 1956 , Minerva voltou a Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria , desta vez não para aprender, mas para ensinar a Transfiguração , com o chefe do departamento, Albus Dumbledore . Mais tarde, ela substituiu Dumbledore como Chefe do Departamento depois que ele ascendeu ao cargo de diretor da escola. Como professora, Minerva era um disciplinador severo, manter o controle de seus alunos com mão severa que a fez alguém não ser cruzados. Mais tarde em sua carreira, o Minerva também seria nomeado o cargo de Chefe da Casa Grifinória , a casa em que ela residia, enquanto estudava em Hogwarts. Albus Dumbledore seria mais tarde em sua carreira também confiar nela o suficiente para permitir que ela se torne deputado Diretora de a escola e substituí-lo nas ocasiões de sua ausência. Suas aulas consistia mas não se limitaram a corresponder a agulha , animal a taça de água , besouro de botão , e mouse para snuffbox transformações, bem como de Fuga , Conjuring , e comutação Magias .

Através de seus primeiros anos em Hogwarts, Minerva permaneceram amigos íntimos com seu ex-chefe, Elphinstone Urquart . Durante uma visita, ele propôs casamento a Minerva no Tea Shop da Madame Puddifoot . Surpreso e envergonhado, e ainda apaixonada por Dougal, ela recusou. Elphinstone, no entanto, nunca deixou de amá-la, nem de propor a cada momento e, em seguida, até que ela finalmente aceitou.

Primeira Guerra BruxaEditar

Minerva McGonagall: "Os rumores são verdadeiros, Albus?"

Albus Dumbledore: "Temo que sim, Professor O bom eo ruim.". - Minerva McGonagall de Albus Dumbledore em 1981

Depois da primeira ascensão do bruxo das trevas Lord Voldemort , Minerva participou da luta contra a Dark Wizard e seus seguidores. McGonagall ainda lecionou em Hogwarts durante a primeira guerra.

Ordem da FênixEditar

Nos primeiros dias da Primeira Guerra Bruxa, McGonagall se juntou ao movimento contra Voldemort, a Ordem da Fênix , liderada por Albus Dumbledore. Minerva desempenhou um papel vital na resistência contra Voldemort e seu exército de seguidores ( Comensais da Morte ), e durante a guerra McGonagall permaneceu leal à Ordem, apesar do aumento no número de assassinatos de membros. McGonagall conseguiu passar incólume a guerra onde outros sofreram perda de membro ou outras lesões.

Proteção de Harry PotterEditar

"Eles são o pior tipo de trouxas que se possa imaginar." - McGonagall discutir parentes de Harry

Em 1981 , o bebê Harry Potter derrotou Lorde Voldemort na casa de sua família no oco de Godric , seus pais James Potter e Lily Evans (ambos membros da Ordem da Fênix) foram mortos, enquanto protegendo seu filho do perigo. A derrota de Voldemort, finalmente, terminou a guerra e seus seguidores foram presos e aqueles que escaparam tiveram que se esconder. Minerva viajou para Surrey e lá passou um dia inteiro observando a família Dursley vendo ou não cumpridas as normas de cuidar de Harry como eram seus únicos parentes vivos com seus pais já morreram. Ela foi, portanto, presente, juntamente com Rúbeo Hagrid , quando Dumbledore colocou Harry na porta dos Dursley, apesar de suas objeções ao deixá-lo com estes trouxas , a quem ela considera ser o "pior espécie" deles. Ela manteve um olhar atento sobre Harry de vez em quando durante a sua infância, assim como outros membros da Ordem da Fênix

Entre GuerrasEditar

Após a Primeira Guerra Bruxa tinha terminado Minerva continuou com sua carreira na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria , levando em ensinar a arte da Transfiguração. Ela permaneceu leal à Ordem da Fênix e continuou cuidando de Harry Potter , como ele cresceu para mantê-lo do perigo.

No verão de 1982 , Elphinstone propôs a Minerva novamente durante um passeio pelo Lago Negro . Minerva, que se sentiu libertado pela morte antes de Dougal McGregor, finalmente aceite. Sempre algo de uma feminista, ela manteve seu nome de solteira após o seu casamento , para o desespero de supremacia puro-sangue que desaprovavam a manter o nome de seu pai trouxa. Juntos, eles viviam em uma pequena casa em Hogsmeade , onde Minerva viajou com facilidade para trabalhar todos os dias e muitas vezes acolheu seus sobrinhos e sobrinhas para visitas.

Em 1985 , três anos após o casamento, Elphinstone morreu de um Tentacula Venomous mordida. Minerva, que não podia suportar ficar sozinho em sua casa de campo, arrumou suas coisas depois do funeral de seu marido e voltou para seu estudo no primeiro andar no Castelo de Hogwarts. Não se sabe a respeito de se Minerva ainda possui o cottage.

Proteger a Pedra FilosofalEditar

"Bem-vindo a Hogwarts. Agora, em alguns momentos, você vai passar por estas portas, e se juntar a seus colegas de classe." -Minerva McGonagall para os alunos do primeiro ano de 1991 .

Em 1991 amigo de Albus Dumbledore , Nicolas Flamel , teve a Pedra Filosofal , que o mantinha vivo passou de seu cofre em Gringotes para Hogwarts para se manter seguro. Minerva contribuiu para as defesas criadas em torno do artefato mágico, transfigurando um enorme jogo de xadrez e animá-lo a comportar-se como um jogo de xadrez de Assistente normal faria. Como parte de seu dever de proteção, que exigia que a pessoa ou as pessoas que procuram para passar teria que tomar o lugar de uma peça no tabuleiro e jogar um jogo real de xadrez de bruxo, com grande risco físico para si. Wizarding xadrez é conhecido por ser brutalmente violento e sacrificial para assistentes ter que tomar parte em si. 

Também neste ano, Harry Potter , que Minerva estava assistindo ao longo de muitos anos, iria começar o seu primeiro ano de educação na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria , sem saber se a ele como ele não tinha conhecimento do fato de que ele era um bruxo. Uma vez que Harry finalmente chegou em Hogwarts, após a entrega das muitas cartas de aceitação, Harry foi ordenado na casa de Grifinória que Minerva era o chefe da. Harry foi, portanto, mais uma vez sob o olhar atento e cuidado de McGonagall.

McGonagall sido informada do trio suspeitas que alguém ia roubar a Pedra. Embora muitas vezes Minerva manteve seu estrito persona em relação ao menino, ela não estava acima de quebrar as regras para ele na ocasião, como quando ela o pegou voando em uma vassoura, sem supervisão adequada. Em vez de expulsá-lo, o que era uma punição declarou Madame Hooch para quem for pego fazendo isso, Minerva vez levou para ver Oliver Wood , capitão do time de Quadribol da Grifinória , para comentar sobre sua habilidade prodigiosa com a vassoura.

Harry fez a equipe, notável para um primeiro ano , e se tornou o mais jovem apanhador em um século. McGonagall fez arranjos para Harry ter uma Nimbus 2000 , a vassoura mais rápida do tempo, para uso durante os jogos e treinos. No final do ano McGonagall e os outros professores encantamentos de proteção para baixo na câmaras Pedra Filosofal viria para testar quando Quirrell tentou roubar a Pedra Filosofal. Também testar e enfrentar os encantamentos eram Harry Potter , Hermione Granger e Ron Weasley . O trio foi bem sucedido em parar a pedra que está sendo roubada e vir no final do ano letivo, Gryffindor havia vencido a taça casa depois de receber a maioria dos pontos da casa que ano após receber pontos de bônus para o trio de e Neville Longbottom bravura 's. Casa de McGonagall os atuais campeões da Copa da casa.

A segunda abertura da Câmara SecretaEditar

McGonagall: "O que significa Albus?"

Dumbledore: "Isso significa que a Câmara Secreta de fato foi aberto novamente." -. Após encontrar Colin Creevey petrificado

No início do 1992 ano letivo, o Minerva teve de lidar com Harry e Rony, que caiu do Sr. Weasley Ford Anglia voador para o Salgueiro Lutador , devido à barreira da Estação de Kings Cross , que foi selado por Dobby assim que os dois não podiam embarcar no trem. Esta quase exposto o mundo mágico para os trouxas, mas Minerva era mais justo do que Snape, aquele que trouxe o assunto em primeiro lugar. Minerva, finalmente, deixá-los com uma simples detenção e uma carta para os pais e encarregados de educação, ela não tomar quaisquer pontos da casa como Harry apontou que o termo ainda não tinha começado quando eles levaram o carro, e ela quase sorriu para essa observação.

Mais tarde, Minerva estava presente para a reabertura da Câmara Secreta . Ela, junto com o resto do corpo docente, vasculharam o castelo para a Câmara, mas sem sucesso. Ela também teve de lidar com o menos útil Gilderoy Lockhart , que tinha sido contratado para o cargo de Defesa Contra as Artes das Trevas Professor. McGonagall tinha pouco gosto ou usar para o homem, e até o final do ano foi apenas um dos muitos funcionários que completamente desprezadas ele.

"A menos que o culpado está preso ... é provável que a escola será fechada." - McGonagall sobre a gravidade da Câmara dos Segredos aberturas

Nas últimas semanas desse ano letivo, Minerva atuou como temporário diretora de Hogwarts depois que o Conselho de Governadores, sob a influência de Lúcio Malfoy, Dumbledore suspenso por não ter impedido os ataques contra os estudantes. Ela também foi bastante abalada e suavizou-se, como quando Harry e Ron tentou esgueirar-se para investigar sobre a matéria, mas foi pego pela professora McGonagall, ela deixa-los sob a crença de que eles estavam tentando visitar um petrificada Hermione, normalmente, ela puniria com detenção. Quando Ginny Weasley mais tarde foi levado para a Câmara Secreta, onde "seu esqueleto vai mentir na câmara para sempre", Minerva desesperadamente acreditava que eles estavam enfrentando o final de Hogwarts. No entanto, uma vez que o monstro da Câmara tinha sido tratado, Dumbledore voltou para a escola e Minerva voltou às suas funções normais.

Escapar de Sirius Black

"Bem, Sirius Black é ido hoje à noite, mas eu acho que você pode assumir tudo com segurança, ele tentará voltar em algum momento." - McGonagall para seus alunos

O verão de 1993 viu também a fuga de Sirius Black de Azkaban . Quando o ano letivo começou em setembro, o Minerva teve de lidar com os efeitos que os dementadores tinham em seus alunos, como Harry Potter. Ela também autorizou Hermione Granger usar um Vira-Tempo , a fim de ter aulas extras, uma decisão que iria ser mais útil em eventos futuros que ano. Este ano em Hogwarts, viria a ser um ano difícil, com Dementadores guardavam o castelo.

No início do ano, quando McGonagall demonstrou sua Animagus forma a sua primeira aula, ela observa como o silêncio que eram. Quando Hermione explicou sobre sua primeira adivinhação , McGonagall entendido e pediu-lhe classe qual deles estaria morrendo este ano. Harry Potter levantou a mão. McGonagall lhe assegurou que Sibila Trelawney previsões 's eram uma maneira de cumprimentar sua classe e que não houve mortes de todos os estudantes ocorreu ainda.

"O fato de ainda permanece, que Sirius Black era e é até hoje ... o padrinho de Harry Potter!" - McGonagall discutir Negro.

Ao longo do ano, Minerva ajudou em guardar a escola, mas, no entanto Black era capaz de se infiltrar no castelo. Após Preto tinha atacado a senhora gorda , McGonagall tentou dizer Harry que Black estava atrás dele, mas foi cortado por Harry, que lhe disse que o Sr. Weasley lhe dissera, antes que ela pudesse explicar, mais tarde no ano Preto conseguiu entrar Gryffindor Torre quando o gato de Hermione, Bichento , ajudado por Sirius, deu-lhe uma lista descartados de senhas. Quando Neville Longbottom admitiu ter escrito as senhas para baixo, McGonagall deu-lhe uma detenção e escreveu para sua avó. Como resultado, Neville recebeu uma Howler . Quando Harry recebeu uma Firebolt , após a destruição de sua Nimbus 2000, McGonagall tinha confiscado a ser "examinado", porque ela acreditava ter sido enviado por Black (e corretamente assim) e, portanto, letalmente amaldiçoado (que estava errada). Este incidente causou Harry e Hermione para ter uma linha, porque Hermione havia alertado Minerva sobre a Firebolt. Ele foi devolvido para ele mais tarde. Durante a partida de quadribol contra Corvinal, McGonagall pegou Draco Malfoy, Gregory Goyle, Vincent Crabbe e Marcus Flint tentando posar como dementadores para pegar Harry desprevenido. Ela deduzido cinqüenta pontos da Sonserina e colocar o quarteto na prisão. Na primavera de 1994 , embora desgostoso por táticas sujas do time de quadribol da Sonserina durante a partida final de Quadribol depois de testemunhar Draco Malfoy garra para o final da Firebolt de Harry para impedi-lo de pegar o pomo de ouro , ela também testemunhou o time de Quadribol da Grifinória ganhar o Quidditch Copa pela primeira vez desde que Charlie Weasley tinha jogado para a equipe durante a sua educação Hogwarts. McGonagall ficou encantado com a vitória de Grifinória, mas chateado ao ver seu capitão Oliver Wood sair. Mais tarde, no ano passado, três alunos de sua casa - Harry Potter , Ron Weasley e Hermione Granger - seria executado em apuros quando Sirius Black voltou a Hogwarts. 

Torneio TribruxoEditar

"O Baile de Inverno, afinal, é em primeiro lugar e acima de tudo, uma dança." - McGonagall para seus alunos.

No outono de 1994, a Hogwarts hospedado das escolas mágicas, a Academia de Magia Beauxbatons e Durmstrang Instituto para o Torneio Tribruxo . Harry Potter foi selecionado como um campeão Tribruxo, apesar de ser menor de idade e McGonagall preocupado por sua segurança após ter cuidava dele para tantos anos. Minerva protestou com Dumbledore e Crouch retirar Harry Potter a partir do torneio, mas ele era contra as regras do torneio e Potter tinha que continuar, apesar de ser muito perigoso para ele fazê-lo.

Durante o ano de Minerva mais de uma vez exortou seus alunos para proporcionar uma boa aparência para seus convidados no castelo. Ela compareceu ao Baile de Inverno com Albus Dumbledore e, nomeadamente, usava o cabelo para baixo pela primeira vez desde que Harry começou sua educação em Hogwarts. Ela também emprestou sua sala de aula para Harry, Ron e Hermione para que eles pudessem praticar feitiços para a preparação de Harry para a terceira tarefa, depois de ter andado sobre eles tantas vezes ao redor da escola. No final do torneio, no entanto, Minerva acompanhou Dumbledore e Severus Snape no resgate de Harry Potter desde o Comensal da Morte que tinha passado todo o ano letivo representando o Auror Alastor Moody , que no ano de Defesa Contra as Artes das Trevas professor.

Dumbledore: "O que aconteceu Por que você está perturbando essas pessoas Minerva, estou surpresa com você - eu lhe pedi para ficar de guarda sobre Barty Crouch?"

McGonagall: "Não há necessidade de ficar de guarda sobre ele anymore, Dumbledore O ministro tem visto isso!" - Minerva perder a paciência no que Harry considerou uma primeira vez.

Ela foi instruída a guarda Crouch Jr. depois que ele revelou sua participação no renascimento de Voldemort, mas foi incapaz de evitar que o Dementador trazida pelo ministro Cornélio Fudge de dar o Comensal da Morte o Beijo do Dementador . Ela era intensamente furiosa com Fudge para esse erro, e gritei mais do que Harry nunca tinha visto antes. Assim, quando o ministro se recusou a acreditar Dumbledore e Harry Potter sobre o retorno de Voldemort, Minerva, no entanto ficou em apoio do seu superior e sua aluna. 

A Segunda Guerra Bruxa já tinha começado, apesar do Ministério tentando abafar qualquer reclamação deste.

Segunda Guerra BruxaEditar

Uma vez que a Segunda Guerra Bruxa tinha começado, Minerva voltou a Ordem da Fênix e passou a maior parte do verão de 1995 fazendo um trabalho para a Ordem. Ela iria entrar e sair de 12 Grimmauld Place com um vestido trouxa ao invés de suas vestes, o que Harry achou a fazia parecer estranho. Embora esses deveres tomou muito do seu tempo, Minerva iria enfrentar desafios ainda maiores em Hogwarts. Porque Dumbledore não conseguiu encontrar uma nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas, o Ministério da Magia nomeado Dolores Umbridge , um funcionário do Ministério sênior e defensor robusto de Fudge, para a equipe de Hogwarts. Minerva viu esta nomeação como uma afronta à própria escola e pouco fez para esconder seu desgosto.

Alto Inquisidor de HogwartsEditar

Umbridge: "Existe alguma coisa que você gostaria de dizer, Minerva?"

McGonagall: "Oh, há várias coisas que eu gostaria de dizer, Dolores!" - Minerva falando com Umbridge enquanto ela conforta o recém-demitido Sibila Trelawney

Quando Harry Potter cruzou Umbridge, ganhando uma detenção em sua primeira aula com ela, Minerva era simpático, mas avisou que Umbridge não estava para brincadeiras e que ele deveria manter a cabeça para baixo. 

McGonagall fez tudo o que podia para contornar Umbridge de autoridade, sem arriscar sua própria segurança como vice-diretora. Na verdade, ela tratou Umbridge com tão pouco credibilidade e respeito possível, enquanto Hogwarts estava sob investigação pelo Ministério da Magia e até mesmo deu Pirraça dicas sobre como desapertar um lustre quando ele estava tentando causar estragos para Umbridge. McGonagall também conseguiu colocar de lado sua aversão Professor Trelawney por um tempo diante da perseguição dos habitantes de Hogwarts de Umbridge. É mostrado que ela traz Trelawney volta para Hogwarts depois de Umbridge despediu. 

Minerva leva Harry para o escritório de Dumbledore depois que ele tem um pesadelo. Após a nomeação de Umbridge como Alta Inquisidora , Minerva foi forçado a suportar a presença da outra mulher durante a avaliação do ensino de Minerva. Minerva manteve seu temperamento sob controle, a manutenção de um exterior de gelo e ainda soltou um humor seco e pontas em Umbridge. O encontro serviu para animar os estudantes, como Ron Weasley , que sinceramente não gostava de Umbridge.

Ainda assim, os tempos mais escuros estava por vir.

Apesar dos melhores esforços de Minerva para frustrar a influência do Ministério em Hogwarts, as coisas continuaram a piorar. Depois de Dumbledore foi expulso da escola, Umbridge foi nomeada diretora sobre Minerva. Quando Umbridge invadiu a carreira aconselhando dos alunos do 5 º ano, Minerva finalmente perdeu a paciência. Durante a sessão de Harry Potter, quando Umbridge ficava interrompendo a conversa e declarando que Harry nunca iria ser um Auror no Ministério, Minerva declarou a Harry que ela poderia ajudá-lo de alguma forma necessário para atingir seu objetivo. A atmosfera em Hogwarts continua a recair sob a liderança de Umbridge. 

Hospital de São MungoEditar

McGonagall: "Como você se atreve Como você se atreve!"

Hermione: "É McGonagall!"

McGonagall: "? Deixá-lo sozinho Sozinho, eu digo Por que razão você atacá-lo Ele não fez nada, nada para justificar tal -" - McGonagall momentos antes de Umbridge ordens de seu ataque

Durante os CORUJA exames, os eventos vieram à tona. Quando Dolores Umbridge e vários aurores tentaram expulsar Hagrid da fundamentação Hogwarts , Minerva procurou intervir em nome de seu colega. No entanto, antes que ela pudesse tirar sua varinha, Minerva foi prontamente atingido com quatro feitiços no peito, o que exigiu que ela se mudou de Hogwarts Hospital Asa de St Mungo para o tratamento.

Madame Pomfrey disse que seria muito difícil para Minerva de ser atingido em plena luz do dia, e teria se demitiu em protesto por causa deste ataque covarde se dos alunos bem-estar não foi colocado como sua prioridade, muitos estudantes também ficaram indignados com este ataque, a ponto de ignorar sua Astronomia exame, e até mesmo o Professor proctor Tofty expressou em voz alta a sua fúria.

Voltar para HogwartsEditar

"Bem, eu acho que Potter e seus amigos devem ter cinqüenta pontos cada para alertar o mundo para o retorno de Você-Sabe-Quem - que é de cinquenta cada um para Potter, os dois Weasley, Longbottom ea srta Granger Oh -. E cinqüenta por senhorita Lovegood, eu suponho" - Professor McGonagall premia os participantes da Batalha do Departamento de Mistérios para confirmar o retorno de Lord Voldemort.

Minerva não voltou para Hogwarts depois da Batalha do Departamento de Mistérios , quando ela prontamente deu os seis estudantes envolvidos na batalha do ministério 50 pontos cada um para casa "alertar o mundo para o retorno de Você-Sabe-Quem", quando Snape estava alfinetando Harry sobre Gryffindor ter 0 pontos da casa.

Ela também assistiu com alguma felicidade quando Pirraça perseguido Umbridge da escola, comentando que ela teria se juntou Pirraça em perseguir Dolores embora, mas Pirraça se apropriou sua bengala. Depois de sua recuperação em St. Mungo, Minerva retomou seus deveres dentro da Ordem da Fênix, bem como suas funções de ensino, quando o ano letivo começaria novamente após o verão.

Batalha da Torre de Astronomia

No final do ano escolar, ela participou da Batalha da Torre de Astronomia em 1997, depois de Draco Malfoy furtivamente Comensais da Morte na escola através da Sala Precisa . Ela foi presa no nível abaixo Harry e Dumbledore e não poderia passar na escada para alcançá-los, no entanto Snape podia e passou por ela. 

Após a batalha, ela ficou arrasada ao saber da morte de Snape de Dumbledore, o homem a quem ela havia conhecido quase a vida inteira como professor, mentor, e amigo, e cujo assassino que ela tinha deixado passar. Após o assassinato foi cometido a Marca Negra , que já foi lançado para o céu, sombra nos terrenos da escola, McGonagall levou a varinha respeitoso elevando para livrar o céu escuro da marca do corpo do falecido Dumbledore. Após a morte de Dumbledore, McGonagall realizou o funeral de Alvo Dumbledore em Hogwarts e nos últimos dias do ano letivo, ela assumiu o ex-posição de Dumbledore e tornou-se diretora de Hogwarts, mas ela foi destituído desta posição em favor de Snape uma vez Voldemort tomaram over. McGonagall tentou confortar Harry sobre a morte de Dumbledore, mas seus esforços ficaram aquém, como ela mesma ficou arrasado com a morte de seu amado professor. 

Controle de Hogwarts de VoldemortEditar

Enquanto a guerra continuou, Minerva ficou em Hogwarts, mesmo quando ele foi tomado por Voldemort, o mais provável para se certificar de que pouco dano veio aos estudantes uma vez que ela poderia atuar como uma fonte de modo que que a Ordem da Fênix foi informado sobre o que era acontecendo em Hogwarts. Mesmo quando Severus Snape foi nomeado diretor e Aleto e Amico Carrow foram dadas rédea livre na escola, Minerva fez o máximo que pôde para proteger os alunos. A aliança rebelde Exército de Dumbledore fundada pelos alunos reformadas, e McGonagall ajudou a manter seus encontros em segredo.

Batalha de HogwartsEditar

"Você está agindo sob ordens de Dumbledore ... Vamos proteger a escola contra Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado enquanto você procurar este -. Este objeto" - Minerva McGonagall em Harry Potter depois de seu retorno à Hogwarts.

Em 02 de maio , 1998 , Minerva estava presente quando Harry Potter, Hermione Granger e Ron Weasley voltou para Hogwarts no meio da noite em busca de Diadema de Rowena Ravenclaw , tornando-se consciente de que eles estavam lá depois de Harry defendeu sua honra, realizando com sucesso o Cruciatus Maldição em Amico Carrow .

Com a ajuda de Harry e Luna Lovegood , ela incapacitada os irmãos Carrow na sala comunal da Corvinal . Percebendo que uma batalha estava sobre eles, Minerva se reuniram Filius Flitwick e Pomona Sprout e, juntos, os três Chefes de Casa banidos Severo de Hogwarts, Minerva, mesmo chamando-o de covarde como ele fugiu da escola. Harry informou McGonagall de uma missão que Dumbledore lhe deixou, e ela, no respeito da vontade de Dumbledore, se ofereceu para segurar Voldemort e seu exército de volta para Harry, enquanto cumprido esta missão. Ela então começou a animar do castelo armaduras e estátuas para ajudá-la a defender a escola.

Pouco antes da batalha Minerva ordenou Neville Longbottom destruir a ponte coberta para que o Snatchers não poderia esgueirar-se para dentro da escola.

Neville Longbottom: "Deixe-me ver se entendi, Professor, você está, na verdade, o que nos dá permissão para fazer isso?"

Minerva McGonagall: "Isso é correto, Longbottom."

Neville Longbottom: "Para fazê-lo explodir lança?"

Minerva McGonagall: "BOOM!"

Neville Longbottom: "Wicked!" - Neville e Professora McGonagall discutir a destruição da ponte coberta.

Depois de ordenar a evacuação de alunos mais jovens, através da Cabeça de Javali , Minerva começou a ajudar a fortalecer o castelo contra o próximo ataque, com a ajuda de seus colegas professores, membros da Ordem, e até mesmo os alunos mais velhos que tinham ficado para trás para lutar. Quando Pansy Parkinson sugeriu que aceitar o acordo oferecido a eles por Voldemort - que de suas vidas em troca de Harry Potter - Minerva ordenou a menina e todos aqueles que não estão dispostos a lutar para sair.

Minerva lutou habilmente na primeira parte da batalha, e ficou desafiador na calmaria. Ela estava entre os muitos alunos em uma multidão quando o próprio Voldemort entrou nos terrenos de Hogwarts. Foi só quando Minerva viu o corpo de Harry Potter sendo realizado por Rúbeo Hagrid que ela começou a se desesperar, soltando um grito terrível para quem ouviu, igual ao de Ron, Hermione e Gina juntos.

No entanto, Minerva continuou a lutar quando a batalha recomeçou após o ataque dos centauros sobre Voldemort e os Comensais da Morte . Nos momentos finais da batalha, ela duelou com Voldemort ao lado de Horace Slughorn e Kingsley Shacklebolt , apesar de serem criticou lado por sua fúria quando Bellatrix Lestrange foi morto em um duelo com Molly Weasley .

Eles poderiam ter retomado o duelo, mas o fato de que Harry revelou-se, insistindo que ele mesmo deve duelo Voldemort uma última vez. Depois de Voldemort foi finalmente morto por Harry, ela, juntamente com todos os outros, abraçou Harry em uma exposição incomum de grande emoção.

Mais tarde na vidaEditar

Com a conclusão da guerra, Minerva voltou ao cargo de diretora de Hogwarts e lá permaneceu até pelo menos 2008 , enquanto ela deu permissão para as notas de Dumbledore em Os Contos de Beedle, o Bardo ser publicados.

É possível que ela foi responsável para o emprego de ex-aluno da Grifinória Neville Longbottom como o novo professor de Herbologia. Minerva se aposentou por 2017 , quando Harry segundo filho começou a frequentar Hogwarts. 

Aparência físicaEditar

"A porta se abriu de uma só vez. Um homem alto, de cabelos pretos bruxa em vestes verde-esmeralda ali. Tinha um rosto muito severo eo primeiro pensamento de Harry foi que ela não era alguém para atravessar." A primeira impressão de-Harry Potter de McGonagall.

Minerva McGonagall foi primeiramente descrita como uma mulher alta, bastante grave para o futuro, e mais tarde como "alegre" 70 anos de idade. Ela, muitas vezes usava vestes verde-esmeralda ou seu padrão tartan favorito. Ela também usava um chapéu pontudo inclinou para um lado, e sempre teve uma expressão muito prim. Ela raramente deixa seu cabelo preto baixo e na maioria das vezes se tivesse penteado para trás em um coque apertado. Minerva era uma fã de tartan de impressão e, muitas vezes usá-lo para Quadribol jogos, juntamente com um chapéu de lã cobrindo as orelhas. Minerva usava óculos quadrados que combinavam com as marcas ao redor dos olhos de seus Animago e Patrono : um gato malhado de prata.

Personalidade e traçosEditar

Minerva quase constantemente exalava magnanimidade e severidade e foi realizada em um grande respeito (e um pouco de medo) por quase todos os alunos e funcionários. Acostumada a ter seu caminho, ela tolerado nem audácia nem tolice de seus alunos, e era conhecido por sua vez frio para com as pessoas que disseram ou fizeram coisas na frente dela que eram estúpidas, ou se ela achava que eles estavam tentando ser engraçado.

Apesar de sua estrita atitude, no entanto, Minerva que exibem um senso de humor seco que normalmente saiu quando os tempos eram difíceis.

Fiel à Gryffindor, ela valorizava bravura e lealdade muito, pensando covardia uma falha pesado. Apesar de sua lealdade para com sua casa, no entanto, e uma pessoa justa, McGonagall era conhecido por pontos de ancoragem dos alunos na sua própria casa, quando viu que deve ser feito.

Minerva não tinha medo de falar o que pensa e mostrou bastante uma língua afiada, especialmente durante as discussões. Para a maior parte, porém, ela geralmente mantido grande serenidade emocional, sem ser indiferente. Embora ela nem sempre foi particularmente bem-apessoado, era um grande defensor do Harry e confiável os gostos de Dumbledore, Sprout, Flitwick, Pomfrey e Hagrid. Ela pode estar muito quente e de apoio em momentos de dificuldade ou perda e cuidou muito sobre seus alunos, tanto pessoalmente quanto academicamente.

Minerva gostava de bordado, corrigindo artigos em Transfiguração Hoje , olhando de Quadribol , e apoiar as Pegas de Montrose .

Como o instrutor dedicado de aulas de Transfiguração , McGonagall altamente respeitado o ramo específico de magia, e considerou ser mais complexo e sofisticado do que todos os outros, embora ela respeitava a maioria dos outros, assim como muito, ela se tornou um animago para promover seu estudo no magia. Por outro lado, ela tem muito pouca paciência com Adivinhação , devido à sua raridade e imprecisões de verdadeiros videntes.

Assim como este, ela tem um temperamento que pode revelar-se nas ocasiões em que ela está com raiva perturbado.

Habilidades mágicas e habilidadesEditar

"Como se um deles poderia ter Atordoado Minerva McGonagall face-a à luz do dia!" - Poppy Pomfrey em habilidades mágicas do Minerva.

Minerva McGonagall era uma bruxa extremamente poderosa e talentosa com uma variedade de habilidades mágicas. Suas habilidades lhe permitiu afastar muitos bruxos das trevas, como pode ser visto durante a batalha de Hogwarts. Minerva pode até adiar Voldemort por um tempo. Sua durabilidade física também deve ser observado, como ela levou quatro feitiços impressionantes no peito e conseguiu uma recuperação completa.

  • Menor de idade mágica : Como uma criança, Minerva era capaz de manipular a mente de seu gato da família, convocar seus brinquedos do bebê de seu berço, e fazer gaitas de seu pai jogar por conta própria.
  • Transfiguração : Ao longo de sua carreira docente, Minerva ensinou Transfiguração . Mesmo como uma jovem bruxa, ela mostrou um talento especial no assunto. Ela pensou que ele seja entre a magia mais complexa e perigosa ensinado em Hogwarts. Durante a Batalha de Hogwarts Minerva demonstrou sua maestria surpreendente deste ramo da magia por Transfigurado dezenas de mesas e armaduras para ajudar a defender a escola de Lord Voldemort. Ela também colocou suas habilidades com Transfiguração para usar durante sua duelo com Severo Snape, um bruxo nomeadamente poderoso. Como dito abaixo, Minerva tornou-se um animago, a fim de continuar a sua investigação sobre os diferentes ramos da Transfiguração. Ela foi ensinada por Albus Dumbledore e tomou sua posição como professora de Transfiguração.
  • Duelos : Minerva era um duelista extremamente hábil, capaz de manter sua própria contra muito mais jovem e mais ágil Comensais da Morte, Severo Snape , e até mesmo Lord Voldemort si mesmo. Durante a Batalha da Torre de Astronomia ela derrotado Alecto Carrow e sobreviveu à batalha ileso. Em 1998, durante a Batalha de Hogwarts ela ferozmente duelaram Severus Snape e levou-o para fora da escola, no entanto, deve ser notado que Snape fugiu por causa da chegada de Filius Flitwick e Pomona Sprout . Mais tarde, na mesma batalha que ela duelou com o Lord das Trevas a um beco sem saída ao lado de Horace Slughorn e Kingsley Shacklebolt .
  • Animagus : Ser um Animagus Minerva deu a capacidade de se transformar em forma de um gato à vontade. Muitas vezes ela usou essa habilidade quando ela não queria ser reconhecido. Um exemplo desse uso foi quando ela viu a família Dursley antes de Albus Dumbledore levou Harry Potter para eles. Ela também demonstrou sua transformação para os alunos em seu terceiro ano , que normalmente tem aplausos. Quando Hermione Granger procurou referências animago em seu terceiro ano, ela viu que McGonagall era um dos poucos animagos registrados no século 20. Em suas notas sobre Os Contos de Beedle, o Bardo , Albus Dumbledore afirma que Minerva pediu-lhe para explicar que, embora Animagia geralmente são pessoas que procuram evitar a punição, quando eles quebraram a lei, ela simplesmente se tornou um para aprofundar sua pesquisa sobre todos os ramos de Transfiguração . Ela aprendeu a se tornar um animago sob a tutela de Dumbledore durante seu tempo como estudante em Hogwarts.
  • Charms : McGonagall parecia ser muito hábil em encantos. Em 1992, quando Harry e Ron tinham para comer no escritório de Snape, ela conjurou um prato enfeitiçado de sanduíches que seria próprio de recarga automaticamente (um charme que ela - supostamente - colocada sobre a placa ela mesma).
  • Patrono Charme : Ela também tinha dominado o Feitiço do Patrono , ser capaz de criar um poderoso patrono corporais na forma de um gato - idênticos aos seus Animagus. Na verdade, ela era a única pessoa vista a lançar três patronos de uma vez (embora reconhecidamente não na presença de um Dementador). Além disso, a Minerva foi capaz de usar seu Patrono como dos meios de comunicação, como é ensinado a ela por Albus Dumbledore.
  • Artes das Trevas : enquanto a professora McGonagall não praticar as Artes das Trevas , ela tem sido conhecida a lançar efetivamente a Maldição Imperius com sucesso em Amico Carrow , mostrando que Minerva é de alguma forma mais hábil nesse campo.
  • Defesa Contra as Artes das Trevas : McGonagall também era proficiente em Defesa Contra as Artes das Trevas, uma vez que ela lutou em duas guerras e sobreviveu. Durante a Batalha de Hogwarts, McGonagall lutou contra os Comensais da Morte, que são conhecidos por usar as Artes das Trevas. Ela também lutaram bravamente contra Voldemort se, ao lado de Kingsley e Slughorn, que era o Mestre das Artes das Trevas e sobreviveu.
  • Estudo de Runas Antigas : Minerva estava acostumado com Runas Antigas e era capaz de ler e compreendê-los.
  • Feitiços não-verbais : Minerva também tem se mostrado bastante hábil em magia não-verbal. Quando Barty Crouch Jr. (disfarçado de Alastor Moody ) transfigurado Draco Malfoy em uma doninha, McGonagall transfigurou-lo de volta sem dizer uma palavra. Em 1998, quando ela amarrou os Carrow, ela conjurou uma corda de prata e uma rede de sua varinha e, posteriormente, produziu três patronos, todos sem palavras. Ela também demonstrou proficiência com magia não-verbal quando Neville acidentalmente desapareceu uma das pernas sobre a mesa, e ela conjurou-lo de volta com apenas um aceno de sua varinha.
  • Habilidades de liderança: McGonagall era um líder muito forte, sendo capaz de assumir o comando em qualquer situação em poucos minutos. Quando Dumbledore tinha ido embora, ela entrou em cena para ocupar o seu lugar. No arrivista da Batalha de Hogwarts, McGonagall derrubou o atual diretor Severo Snape e assumiu o comando da escola, prendendo-o contra Voldemort e seus Comensais da Morte. Ela levou os defensores de Hogwarts durante a batalha, e, no final, saiu vitorioso quando Harry derrotado Voldemort de uma vez por todas. Depois tudo voltou ao normal, Minerva tornou-se a diretora permanente de Hogwarts.
  • Raciocínio lógico e inteligência: McGonagall era uma bruxa muito sábia e inteligente. Sua inteligência é mostrado em muitos aspectos ao longo da série. Ela sempre demonstrou a capacidade de fazer escolhas sábias. Em 1998, McGonagall resolveu um enigma sem hesitação para permitir Amico Carrow na Torre da Corvinal . Sua inteligência lhe deu a opção de se tornar um Ravenclaw. No entanto, ela escolheu ser um Gryffindor.
  • Quadribol: McGonagall jogou com bastante alguma habilidade para o time de Quadribol da Grifinória em seus dias de estudante em Hogwarts. No entanto, ela sofreu uma série de ferimentos graves durante o jogo, como uma concussão, que a impedia de continuar a fazê-lo. Esta é também a razão pela qual ela quer Gryffindor para vencer a Copa de Quadribol muito mal.

RelacionamentosEditar

Albus Dumbledore Minerva McGonagall: "Professor Dumbledore é um grande mago, Potter, ele tem muitas exigências sobre seu tempo -"

Harry Potter: "Mas isso é importante." - Minerva McGonagall e Harry Potter em 1992.

Minerva sabia Albus Dumbledore , para a maioria de sua vida. Ela frequentou Hogwarts como um estudante na época de Dumbledore como Transfiguração Professor e até mesmo substituí-lo, quando ele assumiu o cargo de diretor da escola. Ela serviu por muitos anos como seu Vice-Diretora, em pé para ele e até mesmo substituí-lo como diretora em várias ocasiões. 

Albus Dumbledore descobriu Minerva em lágrimas em sua sala de aula tarde da noite, depois que ela descobriu sobre o casamento de Dougal McGregor com outra mulher. Ela confessou toda a história para ele, e Albus Dumbledore ofereceu conforto e sabedoria, dizendo Minerva um pouco de sua própria história familiar, até então desconhecido para ela. As confidências trocadas naquela noite entre dois personagens intensamente privado e reservado foram para formar a base de uma estima mútua e duradoura amizade.

Minerva tinha muita fé em Dumbledore, colocando grande estoque nas diferenças entre ele e Voldemort.

No entanto, ela não hesitou em concordar com ele quando ela sentiu a necessidade de fazê-lo. Ela se opôs fortemente a sua decisão de colocar Harry Potter com Petunia Dursley e sua família, chamando-os de "o pior tipo de trouxas que se possa imaginar".

Ela também atuou mais de uma vez para trazer Dumbledore volta na pista quando se distraiu da matéria atualmente na mão. 

Minerva nunca hesitou em mostrar sua lealdade a Dumbledore. Quando Cornélio Fudge trouxe Aurores para prender Dumbledore em 1996 , ela corajosamente se adiantou e anunciou sua intenção de lutar contra os Aurores em seu nome. Ela só voltou por insistência de Dumbledore quando ele lembrou que Hogwarts e seus alunos que precisam dela em sua ausência.

Minerva ficou arrasado quando Dumbledore foi morto em 1997 durante a Batalha da Torre de Astronomia, e participou de seu funeral.

Um ano depois, quando Harry estava em uma missão dada a ele por Dumbledore, ela não questiona a decisão da tarde diretor, mas logo procurou prestar qualquer assistência que podia. 

Harry PotterEditar

"Você não poderia encontrar duas pessoas que são menos como nós e eles têm esse filho -. Que o vi chutar sua mãe por todo o caminho até a rua, gritando por doces Harry Potter vir morar aqui.?" - Minerva McGonagall discutindo a escolha de Dumbledore da família Dursley como Harry Potter guardiões

Minerva mostrou a ela cuidar de Harry desde que ela, Dumbledore e Hagrid deixou-o aos cuidados dos Dursley , em parte porque ela tinha sido completamente apaixonado por final de Harry pais . Ela era uma espécie de avó amorosa para ele e expressou preocupação com a escolha tanto de Dumbledore confiar Hagrid para transportar com segurança para Harry Little Whinging , e da escolha da família com quem Harry ficaria. Passava horas a fio espionando os Dursley para obter uma visão de que a vida de Harry crescendo como seria. É improvável, porém, que ela vigiava Harry, como ela nunca iria contra as ações de Dumbledore, não importa o quanto ela discordou com eles.

Quando Harry chegou em Hogwarts, Minerva estava contente que ele foi selecionado para a Grifinória, a casa dela. Quando ela viu Harry em um cabo de vassoura e as habilidades voando naturais ele apresentadas, ao invés de punir ou expulsá-lo, ela o trouxe para ver Oliver Wood , capitão do time de Quadribol da Grifinória , anunciando que tinha encontrado o seu novo apanhador . Em sua gratidão por Harry aceitar o cargo, McGonagall lhe comprou uma Nimbus 2000 para seu primeiro jogo de Quadribol.

No entanto, a preocupação de Minerva para Harry não cegá-la a seus delitos no campus. Apesar de muitas vezes ela deixa Harry off em quebrar as regras da escola, ela só fez isso apenas em circunstâncias que ameaçam a vida. Minerva saiu de sua maneira de tratar todos os alunos com justiça, e não tomou nenhuma questão de dar mesmo os de sua própria casa punições severas se ela achava que merecia. Quando Harry e seus amigos foram apanhados sorrateiramente ao redor da torre, na calada da noite, durante o seu primeiro ano em Hogwarts, Minerva não hesitou em tirar 150 pontos de distância da Grifinória, apesar do primeiro lugar em pé de sua casa na época, e, adicionalmente, para enviá-lo fora para servir de detenção na Floresta Proibida . É possível que ela teria cobrado uma punição mais dura já que ela tinha pego-los no ato de contrabando próprio Norbert.

Ao longo de estudos de Harry em Hogwarts, Minerva manteve um olhar atento sobre ele e seus amigos, Ron Weasley e Hermione Granger , e interveio em seus assuntos sempre que necessário para mantê-los seguros. No quinto ano de Harry, ela também prometeu a Harry que ela faria o que ela possivelmente podia ver que ele realizou seu sonho de se tornar um Auror . Quando Minerva mais tarde descobriu sobre o tipo de punição Harry e vários outros alunos tinham recebido de Dolores Umbridge , ela expressou abertamente seu desgosto e desaprovação, apesar da Umbridge poder exercido. 

"Por que Harry Potter tentar entrar Torre da Corvinal ? Potter pertence a minha casa! " - McGonagall enfrenta Amico Carrow dentro Ravelclaw Torre várias horas antes da Batalha de Hogwarts

Quando Harry secretamente infiltrado Hogwarts pouco antes da Batalha de Hogwarts , Harry defendeu a honra de Minerva contra os Comensais da Morte que havia sido postado na escola por Voldemort.Amycus exigiu saber onde Harry estava na torre e McGonagall perguntou por que ele estaria lá, como ele pertencia em sua casa com orgulho evidente em sua voz. Quando Amico Carrow cuspiu em McGonagall, Harry ficou indignado a ponto de atacá-lo com a Maldição Cruciatus , e concordando com Bellatrix Lestrange a afirmação de que era preciso "realmente significa isso" para realizá-lo corretamente. Embora chocado com aparecimento súbito de Harry e seu uso de uma Maldição Imperdoável , Minerva foi claramente tocado. Embora Minerva tentou convencer Harry a fugir por causa da preocupação com sua segurança, Minerva imediatamente juntou-se Harry em retomar o castelo e se preparando para a batalha, quando ele lhe informou que ele estava agindo sob as ordens de Dumbledore. Chegando ao fim da Batalha de Hogwarts, a devastação do Minerva era claramente igual ao de Ron e Ginny Weasley e Hermione Granger, quando ela viu Rúbeo Hagrid carregando o corpo aparentemente morto de Harry. Mais tarde, ela duelou com Voldemort na cabeça na batalha final, para proteger Harry e os outros alunos. Quando a batalha terminou com a morte de Voldemort para as mãos de Harry, Minerva foi um dos primeiros a abraçá-lo. 

Severus SnapeEditar

" E Potter - fazer e tentar ganhar, não vai Ou estaremos fora da corrida pelo oitavo ano consecutivo, como o Professor Snape teve a gentileza de me lembrar só ontem à noite ...? " - Minerva McGonagall em Harry Potter em 1994

Minerva McGonagall era Severus Snape professor de Transfiguração 's durante seu tempo como um estudante em Hogwarts. Depois que ele se formou e depois voltou como o Poções mestre, ele e McGonagall se tornou colegas. Como chefe de Gryffindor House, McGonagall e Snape brincou um outro sobre pontos de Casa e classificação de Quadribol. Como Snape, McGonagall era um disciplinador rigoroso, mas parecia mais justo Harry Potter , que era um membro de sua casa. McGonagall e Snape eram ambos professores exigentes e eficazes, ambos foram extraordinariamente talentoso em magia, e ambos eram leais a Albus Dumbledore, por isso ao longo do tempo Minerva cresceu respeitar Severo, apesar de seu passado sombrio. McGonagall sabia que Snape foi um Comensal da Morte, em sua juventude, mas ela seguiu Albus Dumbledore em acreditar que ele realmente se arrependeu sua antiga aliança.

Após Snape matou Dumbledore, McGonagall ficou chocado e talvez pessoalmente ferido para encontrar seu colega anteriormente respeitado um assassino e aparente traidor. Quando Snape se tornou diretor de Hogwarts, McGonagall se opuseram a ele e seus supostos seguidores os Carrow, sem saber Snape foi secretamente ajudando a proteger os alunos de seus companheiros Comensais da Morte. No início da Batalha de Hogwarts, McGonagall e Snape duelaram inconclusiva; Professor Flitwick os interrompeu e Snape fugiu da escola, em vez de continuar a luta. McGonagall, acreditando que a sua retirada foi motivada pelo medo, gritou: "Covarde!", Um insulto que ele particularmente detestava. Snape foi morto por Voldemort durante a batalha. Só depois já era tarde demais que McGonagall saber que Snape tinha matado Dumbledore em um ato doloroso de lealdade para com as ordens do próprio diretor, e que a confiança de Dumbledore nele derivada do amor ao longo da vida de Severo de Lily Evans . Não se sabe como ela reagiu a estas revelações, mas se sua reputação de imparcialidade foi válida, ela provavelmente recuperou o respeito por ele. Não há relato de que ela opôs-se o retrato de Snape sendo adicionado à coleção no escritório do diretor por arranjo de Harry Potter.

Hermione GrangerEditar

"Ah, é claro. Não há necessidade de me dizer mais nada, senhorita Granger. Qual de vocês vai morrer este ano?" - McGonagall e Hermione falando de aula de Adivinhação anterior deste último.

Minerva levou um brilho a Hermione Granger , um estudante em sua casa, desde a sua primeira aula de Transfiguração. Durante a aula, Minerva Hermione deu um de seus raros sorrisos quando Hermione transfigurou com sucesso um jogo em uma agulha no início da aula e antes de todos os outros alunos. Minerva também estava decepcionado com Hermione quando ela disse que leu sobre trolls e tinha ido à procura do Troll que invadiu Hogwarts sob a impressão de que ela pudesse detê-lo. A afirmação não era verdadeira, mas Minerva não era o mais sábio. 

Quando Hermione foi atacada pelo basilisco em 1992, o Minerva ficou muito comovido e, muitas vezes ter tempo para visitar a Hermione petrificada na ala hospitalar. 

No terceiro ano de Hermione, Minerva também foi para o esforço para organizar Hermione a ter permissão para usar um Vira-Tempo para ter aulas adicionais. Os professores muitas vezes não pedir permissão para o aluno usar um dos dispositivos, mas Minerva viu algo especial em Hermione e saiu do seu caminho para se certificar de que ela não era sub-realização.

Ela ainda mostrou sua alta consideração de Hermione, nomeando-lhe um Gryffindor prefeito em seu quinto ano em Hogwarts.

Durante a Segunda Guerra Bruxa quando Minerva foi atacado por vários funcionários do Ministério do lado de fora da cabana de Hagrid, Hermione mostrou profunda emoção para o evento, como Minerva fez alguns anos antes, quando Hermione foi atacada. Minerva era um modelo para Hermione e ambos tinham muito em comum, como tanto acreditar que Adivinhação foi um assunto muito "lanoso", e que a professora Trelawney era uma fraude.

Além disso, ambos tinham um gosto por gatos, e ambos foram considerados para a Ravenclaw, mas no final foram sorteados para a Grifinória House.

Ron WeasleyEditar

Ron: "Isso foi sangrenta brilhante"

McGonagall: "Bem, obrigado por essa avaliação, o Sr. Weasley Talvez seria mais útil se eu fosse para transfigurar o Sr. Potter ou a si mesmo em um relógio de bolso Dessa forma, um dos que você pode ser na hora certa" - Professora McGonagall para Ron em seu primeiro ano. 

Ron Weasley era um estudante na época era professora McGonagall em Hogwarts . Ron foi classificado em Gryffindor , da casa de McGonagall.Ron pensou que era muito rigoroso, no entanto, ele fez ver seu lado bom em um número de ocasiões. Os dois se enfrentaram quando Harry e ele voou Arthur Weasley carro voador 's para Hogwarts. No entanto, ela não queria vê-los expulso. Durante o Baile de Inverno , Minerva mostrou os outros alunos a dançar dançando com Ron na frente de toda a turma, um movimento que levou o riso a partir da classe e Fred e George concordando sempre provocá-lo sobre isso. Ron é nomeado prefeito por McGonagall em seu quinto ano.Ron e McGonagall lutaram juntos durante a Batalha da Torre de Astronomia e da Batalha de Hogwarts , sobrevivendo a Segunda Guerra Bruxa .

Neville LongbottomEditar

"Qual abismal, pessoa tola anotou as senhas e, em seguida, começou a perdê-los? ... É sempre vai ser você, Longbottom?" - Minerva McGonagall quando ela pede que deixou as senhas em torno de mentir para Sirius Black de encontrar.

Minerva teve uma longa história com a família Longbottom , tendo servido na Ordem da Fênix com os pais de Neville (que acabaram por ser torturados até a insanidade por Bellatrix Lestrange).Ela também teve um relacionamento pessoal com a avó de Neville, que o criou. McGonagall freqüentemente parecia esperar mais de Neville que ele produziu, começando com o primeiro dia de Neville em Hogwarts, quando ele correu para fora de uma multidão após o seu sapo.

Quando Neville "perdido" seu pedaço de pergaminho (que na verdade foi roubada por Crookshanks) com senhas de Gryffindor sobre eles, permitindo que Sirius Black para entrar na sala comum, Minerva estava furiosa com ele.

Minerva não podia deixar de sentir pena de Neville após a perda de seus pais, a quem ela conhecia da Primeira Guerra Bruxa e lutou ao lado logo no início de sua carreira. Ela expressou orgulho em coragem de Neville em participar da luta com os Comensais da Morte no Departamento de Mistérios. Ela também procurou incentivar Neville tomar Charms , em seu sexto ano, apesar de demissão de sua avó do sujeito como "soft"; Minerva queria ver Neville perseguir seus próprios talentos, em vez de as habilidades de sua avó parecia valor. Ela lhe disse: "É hora de sua avó aprendeu a ter orgulho do neto que ela tem, ao invés do que ela pensa que ela deve ter: Principalmente depois do que aconteceu no Ministério."Ela também aconselhou Neville que sua avó não conseguiu ganhar seus encantos OWL.

Após a Segunda Guerra Bruxa, Minerva pode ter sido o único a empregar Neville como novo da escola Herbology professora.

Draco MalfoyEditar

"Que disparate Como você ousa dizer tais mentiras Vamos lá - eu verei Professor Snape sobre você, Malfoy!" - McGonagall depois de pegar um 11-year-old Draco fora da cama.

Enquanto Professor Snape favorecido estudantes de sua própria casa, e muitas vezes esquecido qualquer mau comportamento dos alunos, como Draco Malfoy , McGonagall tinha pouca tolerância para bobagens de qualquer estudante, independentemente da sua casa, e não tomou conhecimento do status da família Malfoy dentro da comunidade bruxa . Apesar de sua clara desaprovação de tendências de supremacia puro-sangue de Malfoy, McGonagall tentou protegê-lo tanto quanto qualquer outro estudante, e foi completamente chocado quando Alastor Moody ( Bartô Crouch Jr. disfarçado) transformou Malfoy em uma doninha em 1994 . Ela transformou Malfoy de volta a sua forma humana e lembrou Moody que nunca usar transfiguração como um castigo. Além disso, ela não aceitava as acusações de Malfoy de discussão de um Harry colar amaldiçoado sem provas suficientes, nem tolerar qualquer ataque Harry feitas em Malfoy como quando o ex-usou o Sectumsempra maldição (não sabendo exatamente o que ele fez) em Malfoy, em 1997 .

Rúbeo HagridEditarEditar

"Não estou dizendo que o seu coração não está no lugar certo, mas você não pode fingir que não é descuidado" - Professor McGonagall expressa sua opinião de Hagrid em situações delicadas.

Rúbeo Hagrid respeitado McGonagall. Hagrid é o guarda-caça, e mais tarde Cuidados de mágico Creatures professor de Hogwarts . McGonagall era um dos professores mais graves em Hogwarts , e às vezes não aprovava o comportamento de Hagrid, especialmente durante a cerimônia de Ordenação . No entanto, eles ainda eram amigos íntimos, foram ambos membros da Ordem da Fênix em ambas as guerras, e ambos admiravam Albus Dumbledore. Hagrid uma vez McGonagall beijou na bochecha quando ele tinha bebido muito e ela foi observado dando uma risadinha lavada nas festividades do evento. Quando Dolores Umbridge e vários aurores do Ministério procurou saco e exílio Hagrid do recinto escolar por força, Minerva voou rapidamente em seu auxílio, em vez de tomar quatro stunners simultaneamente ao peito. Hagrid ficou furioso quando os Aurores atordoado e feriu-a a tal ponto que ele atacou. Em 1997 , após a morte de Albus Dumbledore, Minerva afirmou que ela apreciava a opinião de Hagrid muito, assim como Dumbledore. McGonagall e Hagrid lutou contra os Comensais da Morte durante a Batalha da Torre de Astronomia e da Batalha de Hogwarts . Eles estavam entre os primeiros a correr para felicitar Harry após ele derrotou Voldemort. Ambos sobreviveram à guerra e ainda lecionou em Hogwarts .

Sibila TrelawneyEditar

Sibila Trelawney: "Certamente eu sabia, Minerva Mas não reclamam do fato de que um é Onisciente Eu freqüentemente agem como se eu não estou possuído do Olho Interior, de modo a não fazer os outros nervosos... "

Minerva McGonagall: "Isso explica muita coisa" - Professora McGonagall e Sibila Trelawney

Minerva e Sibila Trelawney não eram os melhores amigos, e mal mantida civilidade entre eles. Minerva não tinha uso para assunto de Sibila, Adivinhação, e ela acreditava que Trelawney era uma fraude. A única razão pela Minerva nunca falou mal de Sibila diretamente deveu-se a sua recusa de insultar seus colegas.

Apesar de sua antipatia por Trelawney e seus ensinamentos, no entanto, Minerva e Sibila iria crescer para entender um ao outro através de seu ódio compartilhado de Dolores Umbridge durante a posse da mulher como professora de Defesa Contra as Artes das Trevas. Quando Dolores usou seus poderes para demitir Sibila, Minerva estava lá como um ombro literal para Sibila para chorar, e ela falou contra Dolores e lhe disse o que pensava depois dos eventos.

Em muitos aspectos, a relação de Minerva com Sibila era semelhante ao relacionamento de Hermione Granger com Luna Lovegood.

Desconhece-se se Minerva manteve Sibila como Professor de Adivinhação depois da guerra e durante o tempo de Minerva como diretora de Hogwarts, mas, vendo como Minerva sempre valorizou vistas de Dumbledore de bondade, Firenze e Trelawney provavelmente continuou a co-ensinar Adivinhação.

Pessoal HogwartsEditar

Filius Flitwick: "Eu suponho que você está ciente de que nada do que fazemos pode indefinidamente impedir que Você-Sabe-Quem para entrar na escola, certo -? "

Pomona Sprout: "Mas podemos adiá-la"

Minerva McGonagall: "Obrigada, Pomona" - Filius Flitwick, Pomona Sprout e Minerva McGonagall, em 1998

McGonagall parecia ter um bom relacionamento com a maioria de seus colegas de trabalho em Hogwarts . Entre eles estavam Pomona Sprout e Filius Flitwick . Minerva e Professor Sprout tinha uma amizade de longa data, a partir de seus anos de estudante em Hogwarts, que se sobrepuseram por 2 anos. Na Batalha de Hogwarts em 1998, Pomona apoiou a decisão de proteger o castelo, a gratidão de Minerva. Sprout e Flitwick lutou ao lado McGonagall na Batalha de Hogwarts e sobreviveu à Segunda Guerra Bruxa .

Minerva estava em termos amigáveis ​​com Horace Slughorn , seu ex-professor de Poções, ambos tendo lutado contra Voldemort ao lado de Kingsley Shacklebolt na Batalha de Hogwarts. Antes disso, Minerva comentou sobre o seu comportamento aparentemente covarde quando ele percebeu que o castelo estava sob ataque. Ela observou que, se ele quisesse sair, ele deve levar seus alunos e fazê-lo e se ele tentou atrapalhar seus esforços contra Voldemort de dentro do castelo, que seria duelo para matar. Ela afirmou que estava na hora de Slytherin para finalmente escolher suas alianças. Ele foi pego de surpresa com isso e ele fugiu, mas depois retornou com reforços de pais e moradores de Hogsmeade para ajudar com os esforços de combate dos alunos.

McGonagall também era amiga de Poppy Pomfrey , a enfermeira. Pomfrey parecia admirar habilidades mágicas e força de McGonagall, como quando McGonagall foi atingido por quatro Stunners no peito. Madame Pomfrey disse que teria matado a maioria das bruxas de sua idade.

Ela também foi amigável com Argus Filch , o zelador, embora eles discutiram muitas vezes. Durante a Batalha de Hogwarts, McGonagall gritou Filch, eo chamou de idiota. Em seguida, ela ordenou que ele chama Pirraça . É possível que, após a guerra, McGonagall e Filch ainda colegas de trabalho eram.

Ela não se importava com o fato de Remus era um lobisomem, porque Dumbledore confiava nele, também, e respeitadas as suas competências pedagógicas eficientes, como ela referenciados ele durante Harry Aconselhamento de Carreira . Durante a Segunda Guerra Bruxa , eles parecem ser amigável, após a morte de Dumbledore, McGonagall, Lupin e vários outros indivíduos foram devastados, todos eles discutiram sobre a maneira como Snape matou Dumbledore.

Por outro lado, Minerva não tinha gosto por Gilderoy Lockhart seja, o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas antes de Lupin. Isso ocorreu devido à Lockhart ser desagradável, incompetente e insensível, chato Minerva com conselhos absurdos sendo ignorante e inútil em torno da segunda abertura da Câmara Secreta. Ela era positivamente ódio de Lockhart, quando ele entrou no final e esquecidos quando todo mundo estava muito triste com Gina Weasley desgraça iminente, e cheio o coração Snape apoiou o envio de Lockhart para lidar com o monstro dentro, na esperança de assustar seu colega incompetente distância. Quando Lockhart renunciou devido a sua amnésia auto-induzido, McGonagall era alegre, juntamente com o resto do pessoal e dos estudantes com a notícia.

Depois de Voldemort infiltrada Hogwarts, dois novos professores assumiu o posto de Estudo dos Trouxas e Defesa Contra as Artes das Trevas : Alecto e Amico Carrow , respectivamente. Eles eram Comensais da Morte Fiel, e condizente com seu status, eles ensinaram Artes das Trevas, em vez de Defesa Contra as Artes das Trevas, dedicado Estudo dos Trouxas para explicar como os trouxas eram animais imundos, e muitas vezes teve prazer em punir os alunos com a Maldição Cruciatus . Quando Amycus cuspiu no rosto de McGonagall, Harry Potter ficou muito irritado e bateu-lhe com a Maldição Cruciatus. Após a guerra, McGonagall enviou os Carrow para Azkaban .

Depois da guerra, a maioria dos professores e outro pessoal voltou a seus postos.

Lord VoldemortEditar

Minerva se juntou a Ordem da Fênix para lutar contra Voldemort e seus Comensais da Morte , ela participou de muitas batalhas contra ele e sobreviveu à guerra, embora muitos de seus amigos foram mortos. Durante sua segunda ascensão ao poder , Minerva voltou a Nova Ordem e ficou em Hogwarts durante o mandato de Severo Snape como diretor eo carrows para proteger seus alunos. Ela é uma das poucas pessoas que não tem medo de ficar contra os Carrow, como ela fez desafiá-los muitas vezes durante o ano lectivo de 1997-1998. Ela era um dos líderes da resistência contra Voldemort.

Como a maioria no mundo dos bruxos, Minerva era originalmente medo de falar o nome de Voldemort. Visivelmente, no entanto, Minerva McGonagall ficou sem medo de dizer o nome de Voldemort em algum momento durante o segundo bruxo guerra, como ela disse Filius Flitwick antes da Batalha de Hogwarts para não ter medo dela, porque Voldemort iria tentar matá-lo de qualquer maneira (embora no livro ela ainda se refere a ele como Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado). Minerva, juntamente com Kingsley Shacklebolt e Horace Slughorn , duelaram bravamente Voldemort se durante a segunda parte da batalha, em seguida, ela viu como Voldemort é derrotado por Harry Potter uma vez por todas , finalmente, acabar com a guerra.

Dolores UmbridgerEditar

McGonagall: "Ele conseguiu notas altas em toda a sua Defesa Contra as Artes das Trevas testes"

Umbridge: "Sinto muito ter de contradizê-lo, Minerva, mas como você vai ver no meu note, Harry tem conseguido resultados muito pobres em suas aulas comigo"

McGonagall : " Eu deveria ter feito o meu significado mais claro ... Ele conseguiu notas altas em todos Defesa Contra as Artes das Trevas testes criados por um professor competente" - McGonagall discutir Harry Potter com Dolores Umbridge 

Minerva não gostava de Dolores Umbridge , desde o início, quando o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas começaram a invadir Hogwarts com sua alta Inquisitor Hogwarts posição e fez tudo o que podia em seu poder para burlar a autoridade de Umbridge, sem arriscar a perda de seu emprego. Durante as inspeções de classe de McGonagall de Umbridge, Minerva tentou a maior parte ignorar Umbridge. Esta foi difícil devido a constantes interrupções do Umbrige por tosse suave do meio Umbridge, de menina de " hem hem ". Quando forçado a reconhecer a presença de Umbridge, McGonagall tratava com uma atitude fria e dura.

Umbridge : " Soa como se você está questionando a minha autoridade na minha própria sala de aula, Minerva. "

McGonagall : " Não, Dolores Meramente seus métodos medievais.! "

Umbridge : " Sinto muito, querida, mas para questionar as minhas práticas é questionar o Ministério e, por extensão, o próprio ministro ! Sou uma mulher tolerante, mas a única coisa que eu não vou tolerar é deslealdade " - McGonagall a Umbridge sobre suas práticas de ensino questionáveis.

Apesar de Umbridge ter o poder de colocar Minerva em liberdade condicional, ou mesmo saco dela, Minerva não tinha medo de mostrar o seu desgosto e ódio de Umbridge para o rosto da mulher. Apesar disso, ela entendeu que Umbridge tinha uma grande quantidade de energia e que ela estava reportando-se diretamente a Cornélio Fudge , e assim por Minerva, uma vez alertou Harry Potter que pisar com cuidado em torno de Umbridge.

Mesmo assim, ela com veemência aval para Harry durante o seu Conselho da carreira sessão, alegando que ela iria treiná-lo todas as noites quando ela teve que, a fim de realizar seu sonho de se tornar um Auror , após protestos furiosos de Umbridge que Harry nunca iria se tornar um. Depois de Umbridge demitido Sibila Trelawney de sua condição de adivinhação professor, Minerva, mesmo pôr de lado sua antipatia leve de Sibila para incidem ainda mais em seu ódio de Umbridge.

Mesmo quando Dolores assumiu Hogwarts, substituindo Albus Dumbledore como diretor da escola, Minerva continuou a ajudar a minar o reinado de Umbridge, preferindo assistir a sua luta com o caos que estava sendo causado pelos alunos e Pirraça (e às vezes até mesmo ajudando com ele). Quando Minerva foi atacada e enviados para St. Do Mungo , Dolores estava contente que ela finalmente tinha o controle completo de Hogwarts. Após o retorno de Minerva para Hogwarts, Minerva não fez nada para travar o entusiasmo dos alunos quando Pirraça perseguido Dolores de Hogwarts, só lamentando que não pôde assistir com eles, porque o poltergeist levara bengala para bater Dolores com que ele a seguiu da escola.

Umbridge retornou ao Ministério em uma posição de alto escalão e interrogado nascidos trouxas, capturá-los e prendê-los para Azkaban . Após a Segunda Guerra Bruxa, Umbridge foi capturado por Aurores e enviado para Azkaban a si mesma, para o resto de sua vida.

Apesar de odiá-la eles compartilham o mesmo patrono : um gato, embora Minerva se assemelhava a sua forma de animago.

Família WeasleyEditar

McGonagall e os Weasleys se dão muito bem, considerando que eles estavam todos em Gryffindor House e outros membros da Ordem da Fênix. No entanto, ela desaprovou Fred e George Weasley comportamento 's na escola, embora ela ainda parecia impressionado com suas habilidades mágicas. Quando Dolores Umbridge foi nomeado como Alto Inquisidor de Hogwarts, Minerva aliado com os gêmeos e tentou opor Umbridge.

Minerva gostava de todas as crianças Weasley, incluindo Ginny e Ron . Ela estava feliz que Ginny foi classificada para a Grifinória, e, embora Ginny pensou McGonagall era um pouco rigorosa, ela acreditava que o professor Transfiguração também era justo. Além disso, tanto Ginny e Minerva tentou opor Umbridge (em 1995) e os Carrow (em 1998). Ela também tinha grande respeito e expectativas de Percy Weasley , que era um Gryffindor prefeito, bem como Head Boy em seu último ano em Hogwarts.

Os Marotos e Lily EvansEditar

McGonagall tinha sido a Transfiguração professor de Hogwarts na época Lily Evans e os Marotos participaram como alunos. Os Marotos foram quatro grandes amigos: James Potter , Sirius Black , Remus Lupin e Peter Pettigrew . Eles foram todos classificados para a Grifinória casa, e apesar de seus caminhos turbulentos, em desacordo com reputação no-nonsense de Minerva, que parecia ter um bom relacionamento com ela.

" É verdade, Albus? Lily e James ... estão mortos? " - Minerva para Albus Dumbledore

Ela gostava de James Potter, um assistente inteligente e talentoso, apesar do fato de que ele poderia, por vezes, ser um pouco de um valentão e não estava acima de quebrar as regras. Além disso, considerando a varinha de James eo talento de se tornar um animago realizado (esta informação provavelmente não a par de Professor McGonagall), pode-se presumir com segurança que James era um estudante excepcional dela e talvez até mesmo um favorito. James tornou-se companheiro de membro do Minerva da Ordem da Fênix depois de deixar Hogwarts. Mais tarde, ela fez amizade com o filho de James, Harry, que também era sua aluna e um membro de sua casa, embora ela não mostrar favoritismo e foi mais do que dispostos a levar muitos pontos, mesmo a partir de sua própria casa por mau comportamento.

Minerva tinha um bom relacionamento com Sirius Black. Após a morte de James, McGonagall acreditava que era Sirius, que traiu os Potters, só em 1994 é que ela aprenda o traidor era Pedro Pettigrew . Sirius foi morto por Belatriz Lestrange durante a Batalha do Departamento de Mistérios em 1996 . A reação de Minerva para a morte de Sirius é declarada.


A pouco mais de uma década depois que ele deixou Hogwarts, Remus Lupin voltou para a escola, a fim de ensinar Defesa Contra as Artes das Trevas , tornando-se colega de profissão de Minerva por um ano. Ele e McGonagall eram membros da Ordem da Fênix em ambas as metades do Wizarding Wars. Remus acabou sendo morto durante a batalha de Hogwarts .

" Hero-adorado preto e Potter. Nunca bastante em sua liga, o talento-wise. eu era muitas vezes bastante acentuado com ele ... menino estúpido ... menino tolo ... " - McGonagall sobre Peter Pettigrew.

Peter Pettigrew foi o quarto membro dos Marotos, e parecia servir principalmente como público-alvo, como alívio cômico, e como espião em sua forma de animago como um rato. McGonagall disse Pettigrew "herói adorado" James Potter e Sirius Black , ela também chamou um menino "estúpido" e "tolo", e confessou que ela era mais dura do que o necessário com ele durante seu tempo juntos como aluno e professor. Após sua graduação, Peter, como os outros Marotos, era companheiro de Minerva na Ordem da Fênix . Peter forjou sua própria morte em pé de Sirius Black, suposto Comensal da Morte e traidor do Potters, levando McGonagall a lamentar que ela tinha sido duro para ele, e reconhecê-lo como um Gryffindor corajoso. Não nos é dito a reação dela exatamente quando soube que Pedro, que foi pensado para ser um herói, tinha, de facto, se juntou inimigos da Ordem e traído Lily e James, mas tinha a certeza de ter sido pior do que meramente dura.

McGonagall também parece ter tido um bom relacionamento com Lily Evans , que era um Gryffindor no momento McGonagall ensinou Transfiguração. Lily foi feito um Prefeito e, posteriormente, Chefe , nem nomeação teria acontecido se Chefe da Casa de Lily não tinha aprovado. McGonagall foi devastada pelo assassinato em 1981 de Lily e seu marido James, ambos ex-membros de sua casa e, assim, sob o seu cuidado especial.

Ordem dos membros da Fênix

McGonagall tinha um bom relacionamento com a maioria dos membros da Ordem da Fênix . Alguns deles incluiu Ninfadora Tonks , Kingsley Shacklebolt e Alastor Moody . McGonagall e Tonks, como a maioria das pessoas, ambos foram devastadas após a morte de Dumbledore. Tonks lutou em várias batalhas para a Ordem, mas foi morto por Belatriz Lestrange durante a Batalha de Hogwarts .

Moody foi apontado como DADA professor 1994 . No entanto, ele foi capturado por Barty Crouch Jr. e Peter Pettigrew , Barty Crouch estava disfarçado como Moody e tornou-se o professor, como ele queria enviar Harry Potter para Voldemort. McGonagall estava muito irritado por métodos de ensino de Crouch e gritou para ele. É possível que ela tinha a mesma opinião da Moody real, mas Moody poderia ter sido amigável com McGonagall depois. Ele foi morto por Voldemort durante a Batalha dos Sete Potters .

Ela parecia ser amigável com Kingsley, ela e Kingsley lutou Voldemort, juntamente com Horace Slughorn , e todos eles sobreviveram à guerra.

EtimologiaEditar

  • Minerva é o nome romano de Atena, deusa grega da sabedoria e da guerra, um nome apropriado para a personalidade de Minerva. O nome Minerva também significa "sábio".
  • McGonagall vem do escocês William Topaz McGonagall, que é considerado um dos piores poetas no idioma Inglês, embora Rowling afirmou que isso não tem nada a ver com a Minerva, ela só gostava do apelido. O nome escocês McGonagall (ou McGonigle, McGonegal) é a partir do nome Conegal Celtic, que significa "o mais bravo", além de Mc, ou "filho de".



manse (our home)

flat


FATHER: Reverend Robert McGongall, muggle, Presbyterian minster, forty-two."My father is a wonderful and adoring man! He and my mother fell in love and well the rest is history. Out of the five of us, only my father and I share our eye colour and that seems to make us closer. My father and I are often getting into debates about things going on in both the muggle world and the wizarding one, though he knows very little about the latter. Mother says that we are two peas in a pod and that she sees a lot of my father in me, and less of herself every passing day. I don't know if that is true, but if it is, then I am proud. No matter what people think about my muggle father, I love him very much."MOTHER: Isobel McGongall (nee; Ross), witch, stay at home mother, forty."My mother is a beautiful and bright witch. She excelled at Charms and I think that I get my naturally ability for that class and for Transfiguration from her. While we may not always see eye to eye, I know that she loves my father and the three children more then anythign else. Though she sometimes seems envious of the fact that I have the freedom that she lost at such a young age, I know that she is also very proud of me. While I am no beauty like she is, we share similar traits inside and that is really all that matters. I think that she used to adore having a little girl to dress up all the time, but now she realises that I'm too old for that and it saddens her. I don't wish to burden her, but I need to make my own way now...right?"BROTHER(S): Malcolm McGongall, wizard, Gryffindor, sixteen.Robert Jr. McGongall, wizard, Gryffindor, thirteen."My two younger brothers are always getting into some kind of trouble. Lucky for my mother that growing up she had me to help her look after the chores around the house and these two boys. They are always trying to discover new things, but never quite able to do it, resulting in someone gettting hurt. During our childhood, I had to keep a close eye on the two boys, knowing that their magic was going to be out of control for a while and knowing that my mother would need the help keeping the magic hidden and hiding the damage that the two boys sometimes caused with it. I love them both very much but I do wish that they would kepe their heads on straight and realise that they have to grow up with all this trouble brewing. Sometimes, I do wish that they were more like our father and less like our mother...it would just make everything so much eaiser."SISTER(S): N/A"I was the first and only daughter in the family. Though I often wish that I had a sister..."OTHER: N/A"Unless you count my father's parish, I don't really have anyone else in my life. My grandparents on both sides disowned my parents because of their unotheradox relationship. My mother was disowned because she married a muggle and my father was disowned because they thought he rushed into a marriage."BLOOD STATUS: Half-blood."I'm not ashamed of it, heavens no. I graduated at the top of my class and made Head Girl. There is nothing wrong with muggles what so ever and I hate people who think so."HOMETOWN: Lybster, Caithness, Scotland."I grew up there but it is quite the distance from my grandparents on both sides of the family. My mother never truly liked the but father loved the church and the people there. I don't think that I am ever going to be able to forget this beautiful place."CURRENT RESIDENCE: London, England."I had to move away from my quiet and little home town to the busy streets of England. I'm living in a alone and it is rather quiet and boring. I miss my litlte brothers and my family, but after a couple of years here I am used to it I guess. "BIOGRAPHY: Honestly, it was a love story that would be remembered by the young couple forever. Isobel Ross was a beautiful young woman and had been taught at a select ladies' boarding school in England, a story that was told to the entire village. However, the high-spirited lady was actually attending Hogwarts School of Witchcaft and Wizardry. However, the young Robert McGongall knew nothing about the magical life that his beautiful beau lead. Infact, he knew very little about the young woman that he was so in love with.Isobel knew that her family was not going to be very happy with her romance with the young muggle Robert, but that was the last thing upon her mind. The only thing that mattered as that she was completely and totally captivated with Robert and his wonderful personality. By the time that she was eighteen she had fallen completely in love with the muggle, but was terrifed to tell him what she really was. There was so much room for rejection and for her to end up loosing the love of her life. It was bad enough that she was going against her family and risking her love of them for this man that she had known for so little time.Regardless of their young age, the couple eloped, only to become estranged from their families. Neither supported the quick marriage, though it was clearly for different reasons. Isobel was in a blissful state to the point where she could not tell her husband about her Quidditch games at school or that she had excelled at Charms. No, he would turn her out in second, knowing that his religious beliefs would make him think the worse case about all of this. So she kept quite and moved with her beloved Robert into a manse (a minister's house, for Robert had become a Presbyterian minster) and settled into teh role of house wife quickly, locking her wand away in a box under her bed. That was the best for all of them right?On October the fourth, the cries of a baby girl rang out as the local doctor rocked the McGongall's first child, Minerva. The name was a rather unique one that caused many eyebrows to be raised, the consertive town never hearing of anything so outlandish of a name. However, Robert couldn't turn down his wife's choice of name, seeing how much happiness it brought her, glad to see her smile for the first time in so long. So he would wake up each time that the baby cried, pacing the floors with his little girl, singing old Scottish songs to the child to remind her of the beautiful country that she was going to grow up in. It was hard on Robert to see his wife so upset and moody and to see his daughter growing up so quickly before his very eyes. He loved them both so much but they were growing distant...well Isobel was.As Minerva started to grow, her mother would sometimes seclude herself and the baby for days at a time, not wanting to let her father see the early forms of magic. Minerva was far too young to remember any of this happening but her mother often told the story. Toys that were left in upper shelves would suddenly be on the floor with her or in her crib when she went down for a nap. The family cat (and local strays) would do as she wished before she was even able to talk. The bagpipes that her father would play so often to see his baby smile, would suddenly start to play in distant rooms, making the infant chuckle. All of these things terrifed her mother even more, knowing that they wouldn't be able to stop it from happening. If she didn't act quickly then she would never be able to show her face again.Robert kept questioning his wife, slowly and lovingly, and finally she cracked. It was a very tearful even when she took out her wand from beneath the bed and showed that her, and very possibly their daughter, were magical witches. That he had married a witch and that is where she went all those years. Minerva never remembered that night, but as she grew up, she realised how bitter sweet living in btoh worlds were. Her father loved her mother very much, no matter what she was, but was angered that she had kept it a secret for suh a time. He didn't realise that his young toddler of a daughter and his loving wife were breaking the law by talking about the magic, trusting him to keep the secret and safe guard it. Otherwise, they were all going to get into a lot of trouble.Even from an early age, Minerva realised how much pain moved through her parents. The love had stayed strong, but the trust that they had built up was gone in seconds. When her magical brothers were born, she had to keep them in line, turning into a second mother very quickly. However, she would never forget the look on her beloved father's face everytime a magical event would occur before him. He struggled and was pained by everything that was happening, knowing her mother was still trying to fit in with a world that she never really belonged in. Minnie Mouse (as her father later called her) got her letter from Hogwarts and was releaved to be able to go someplace where everyone was like her. However, her mother shed more tears then the eleven year old...it was hard to tell if it was because she was proud or because she was envious of that fact. Minerva went to Diagon alley with her mother who was excited to be back around all the magical beings. For Minerva, it was really an eye opening experience that was cut far too short. However, she knew that at Hogwarts she would have a freedom that was going to be unknown to her before this. After all, Minnie had spent quite a lot of time looking after her brothers and keeping everything to do with magic hidden away under lock and key. No matter what. The train ride to Hogwarts was one of the best memories that Minerva has now. It was a time when she was able to meet people who were just like her and who often shared her thirst for the knowledge that was going to be opened up to them all. It was a memorable event.Like the train ride, most people remember Minerva McGongall as a Hatstall. That is right, it took almost six minutes to place McGongall into a house, the hat having a hard time deciding between Gryffindor and Ravenclaw. It was a long five and a half minutes for the young eleven year old to sit with the hat upon her head, everyone staring at her, yet unable to see much of her face due to the hat. The time just kept ticking by while the hat weeded through her thoughts, memories and into the deep pits of her mind, trying to see what side she favoured more, though both were equally good for her.As soon as McGongall stepped foot into Albus Dumbledore's Transfiguration classroom, she felt at home. Everything that he talked about and showed them in the first moments of class gave her goosebumps and made her feel like she was getting a warm hug. Quickly, Minerva was seen as an outstanding student in her year (one of the top), with a special flare for Transfiguration. As her school years progressed, her mother's magical abilites and her father's strict morals aided in her quick rise to the top of her class, glad to be able to earn the respect of fellow classmates. She was the kind of person that younger students would approach to ask for help with a lesson or to get help when something bad was happening to her. For some reason, that was one thing that Minerva loved and could often be found in the deep corners of the library with a small number of younger students, helping each of them with whatever happened to be due the next day.By the end of her schooling Minerva had achieved an outstanding record of achievements: top in her class for O.W.Ls and N.E.W.Ts, Prefect, Head Girl and also won Transfiguration Today Most Promising Newcomer award. The last may have been won with the help of her wonderful and awe inspiring teacher, Albus Dumbledore, who helped her to become an Animagus (a tabby cat with square spectacles markings around eyes) [NOTE: Minerva McGongall has her animagus form noted in the Minstry of Magic's Animagus Registry].Much like her mother, Minnie developed a passion for Quidditch and proved to be a very good chaser. However, after a very nasty fall in her final year (see worst memory), Minerva likes to get daily updates from the school (thanks to her brothers) to see the Slytherin team crushed on the pitch like they should have been that day. The flying and power that Quidditch gave to her was unmatchable and it is almost a regreat that she is too nervous to fly in a brutal game again. It was a passion that she misses and can only imagine how her mother must have felt when she was forced to give up the game (along with her magic).The summer after her Graduation from Hogwarts, Minerva decided to spend one last summer at the manse with her family, wanting to enjoy their wonderful time before moving to London to be closer to her work at the Ministry. The young woman was only eighteen years old...yet she hadn't learned from her parents hardships, falling hopelessly in love with a muggle boy in town.For the first time in her life, Minerva lost her head totally and completely. Dougal McGregor was handsome, funny, clever, mysterious and so much more. The son of a local farmer who shared Minerva's sense of humour, debated with her without holding back and both had a number of secrets, which each wondered about without asking. Before the summer was through (or even really begun) Dougal was on one knee in his father's feild where they often walked, proposing and Minerva, without a second thought, accepted the purposal.Hurrying home, Min was over the moon and brust into the house to tell her parents. However, the second she tried, all the second thoughts crept up upon her and she was completely unable to even mention what had happened during the day. All night she lay awake, thinking about how her future would be the same as her mother's; the loss of ambition, lies, wand locked away, everything that would tear them apart. There was no way that he would give up his father's farm that had his name on it to allow Minerva to follow her dreams in London. No, that was a dream that she would now allow herself to dwel on. So the next morning, she went to tell her beloved Dougal that she had changed her mind and would not marry him. Though it broke her heart, she couldn't tell him why she was leaving him behind, though both were completely devastated. Though she meant to stay longer, Minerva quickly packed and left for London three days later, ignore the ache in her heart...though she still pines for Dougal McGregor to this day.Currently, Minerva is working in the Minstry of Magic, but she still finds no joy in her job or the busy London lifestyle. A number of her fellow workers have an engrained anti-Muggle bais which goes against everything that Minerva believes, still adoring her father and all that he does, not to mention the muggle that she loves completely. Most would say that her boss, the much older Elphinstone Urquart, was fond of her and often made junville jokes about the relationship. However, Minerva is just working until she can find another job in her bleoved Scotland and to be close her family once again. Until that time she pretty well keeps her head down and works hard on everything that she is given to do at work. Given the state of the world at the moment, her lap is always full with Law Enforcement jobs to be read through and given out accordingly.




I HOPE IT'S GONNA MAKE , you notice someone like me, YOUR NAME: DramaRP EXPERIENCE: Uhh. A long time? Maybe 6 or 7 years?HOW YOU FOUND US: I have an in with the creator xDOTHER CHARACTERS: None yet.RP SAMPLE:

QUOTE
As Toby seemed shocked at her comments, tugging at his pants, she jumped as whatever magical creature it was, moved. Watching as he pet the fur around his food, she looked at them, eyes wide. What the heck was that and why was he looking at her like that?! That look was one she knew well. Toby often gave her that look before doing something crazy with her. It often ended up with them suddenly appearing someplace completely strange, with her stomach in knots for a good few hours. It had been one thing that she knew a lot about her darling Tobais. It wasn't something that someone could teach you in a muggle school, or a magical one for that matter. While her knowledge of the magical school and world was lacking, she knew what he told her about everything. Little bits of his life in return for the little bits of her own life. School work that she had done and the essays that she was owkring on. Even when he wanted to help her, it was hard sometimes. He couldn't do the work for her after all. With asmile, she looked at him as he grabbed her hand around the wrist and half pulled her towards the fur on his jeans. Jumping a bit, she tried to pull back, though her fingers grazed it softly. " TOBY!" Alexandra shouted at him, pulling her arm back looking at him shaking her head. " How could you do something like that! Besides, I thought you didn't care much for your mother. Why follow what she says then?" Ally said shaking her head softly, rubbign her fingers onto the grass. Honestly, the Canadian didn't want to know about what it was, or how long ago it had passed away. Looking at him softly, she lightly kissed his cheek, "Be nice Toby...you don't want to see me sad..." she whined, putting on a fake pout. However, not long after, she started to laugh and took his hand into her own with a smile.

Alex knew that Toby would always be a muggle in her heart. He had changed all of his life with this magic. This new world was one that he lived in more and more, except for the moments that he spent with her and with their families. That was when he was expected to be normal, though what was that for Toby. 'Toby's kind' were straneg beings with even stranger clothing. Without the chance to have them around, then she wouldn't be able to do anything right. Without Toby's help, and sometimes ability to freeze time, she owuldn't finish half of her work. Without his magic, they wouldn't be there at the moment. Most clothing he wore matched the feelings that he had and where he was coming from. he could wear something very muggle if they were going out around Oxford, but then again he could wear some pretty riddiculs--yet normal for him--outfits if they went around his world. It was completely strange. Magic had been a thing of fairytales. Peter Pan, Sleeping Beauty, Cinderella. Everything like that didn't happen in this world. Nothing was there to explain it. Until she had realised that Toby wasn't at a boarding school--at least not a normal one. If Toby had been like her, then would they even be here? Would they ever really be together if he wasn't so outgoing and loud? Or would they have still stayed friends, seperated by an ocean...

Alexandra laughed softly and shook her head. " You're thinking of a Midsummer Night's Dream. That is a comedy. Romeo and Julliet ends with two young lovers committing sucidide so that they could be together. That isn't a really good comedy..." the girl said with a small smile. The writing was one that was complex and difficult to undersand. The language was completely forgin to everyone that was still alive. Everything was stange, and almost laughable now that she knew about real magic, andhow dangerous it was. That wasn't a good thing at all and it worried her quiet a bit. Everything was much worse out there for him, and now that she was thrown into the mix, both of them could be killed easily. Well, her more so. Looking at him, she shook her head softly. "Probably not Toby. I couldn't write anything more then an essay. Or stuff for being a lawyer. Nothing too big though." Ally said with a smile, looking at him softly. Laying down on her stomach, face was close to his own, resting her elbows on hte grass. With a smile, she lightly looked at him with a sly smile. He was going to pay for what he had said before. Toby already was a little klutz, but she loved him anyways--since she wasn't so graceful either. Looking at him, she laughed at his comment with a small shake of the head, watching as he fell over." It better just be fabric Tobais." she said with a smile, as she crawled over to him softly. With a laugh, she climbed up over him, knees on either side. " Now you're stuck." she teased with a smile and looked at him softly. He never really talked about going out drinking with her, then again, they rarely went out alone together. it was always with her friends or his own. Maybe a little alone time would be good, even if they went to a muggle bar, or a magical one. Whichever one he was willing to take her to. With a smile, she lightly rolled from him, stealing a kiss first. Laying on her side next to him, she thought about where they could o near-by. There were a bunch of muggle places...

With a smile, she lightly thought about his home. It was horribel how it moved around, but he couldn't do anythgn about it apparently. Sighing quietly, she looked at him softly and titled her head. "Are you sure? You would be safe here or someplace near by..." she said quietly, but fell sliently as the key started to vibrate. That was odd enough, but the way eh easily cast magic upon it simply made her feel a little bit out of the loop. Everyone she had met that knew him, were witches and wizards that treated her like a child. Like someone who didn't know anything about anything. That wasn't true...she knew a little bit about things. As his eyes grew wide, and he jumped up, she was compelled to follow him. With a small smile, she grabbed into him carefully and started to laugh a bit. Cutting herself off a little bit sooner about what she wanted to say, she looked at him. What was he going to do now? What on earth was he so exicted about all of a sudden and why did they just jump up. Picking up her books and papers quickly, she was pulled to her feet rapidly as the book started to take a much firmer hold upon her arm. With a small smile, she listened to him shakign her head. The cat was one that could easily change everything that Toby and her had. With his changing every day, at least twice, it was hard to get him groomed. Vets were always amazed at how knotted up his fur got, but she knew it was from all the changes that he had in it. With a smile, she looked aghast at his words. " TOBY! Don't you dare say such things! Gysp is not meant for that kind of thing! I swear if I find out you hurt my little kitty cat..." she said, her face serious, her eyes laughing and playful. With a smile, she looked at him carefully. What was on his mind? That look scared Alex and she didnt' know what to do anyomore. Honestly, he looked like he had just eaten hte last cookie in the cookie jar. Like a little kid in a candy shoppe.

"Where has it ended up this time?" she asked rolling her eyes a little bit. It was a foolish question to ask unless you had a map of the country with you. However, the next words caused her eyes to grow wide. " Here!? For a month?!" Alex said looking at him with a happily smile. She hugged him tightly, jumping up and down with him. It was the best news that she had all day. How on earth could this have happened?! Not that she really cared anymore. He was here and near by for the next month or so. With a smile, she lightly kissed his cheek, glad no one else saw them. Especially her body guards. The last thing she needed was them assuming that they were hiding something big from them. Oh well, this was huge enough to risk it and everything else. "You don't feed him. Everytime he comes, I give him whatever I am eatign at the moment." she said with a smile and laughed at the look on his face. He was trying to mix displeasure but the happiness that he felt. With a smile, she lightly looked at him and took his hand softly. They would see a lot more smiles on his face the normal, but that was fine with her. She loved his smile. Alex walked with him softly and lightly looked at him carefully. As he took off a little bit, she almost ran to keep up with him. Toby was just crazy and adorable at moments like this. With a laugh, she ran with him, " I'm trying darling Toby." Ally said with a smile and lighly laughed with him as they walked along. Listening to his words, she nodded softly. " Alright, but make sure that we stop by my dorm. I need to put my books and essay away. Otherwise, my teacher is going to kill me." she said with a smile and lightly walked with him happily. No one seemed to care about the odd way they talked and communicated. So that is a good thing really. Alexandra held onto his hand, lacing their fingers gently.






OFF IN THE NIGHT , while you live it up




THIS TEMPLATE WAS MADE BY CATE AKA GIRL TALKK OF CAUTION BBY!. IF USING, LEAVE THIS CREDIT IN. CHANGES TO
COLOURS ARE PERMITTED, BUT DO NOT CHANGE LYRICS ("USE SOMEBODY"
KINGS OF LEON). ENJOY!

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória